10.25.2009

cimento

O documentário "Pare, Escute, Olhe", da autoria de Jorge Pelicano, o mesmo de "Ainda Há Pastores?", foi o vencedor da Competição Portuguesa do DocLisboa, recebendo os prémios de melhor longa-metragem e melhor montagem, bem como o Prémio Escolas atribuído por um júri de alunos liceais.
O documentário questiona-se acerca do que resta da linha ferroviária do Tua, face à possível inundação de um troço resultante da instalação de uma nova barragem.
Depois da recente campanha vergonhosa da EDP, ecoa da visualização do trailer de "Pare, Escute e Olhe", a palavra Cimento. Escapa da boca do actual primeiro-ministro, ex-ministro do ambiente e do ordenamento do território no governo de Guterres.

1 Comentários:

Blogger Rita disse...

Em torno do objecto deste documentário ressalvam-se questões relativas não só à linha de comboio, mas ao futuro de uma população e à transformação de um territorio. A linha do Tua, o curso de água e o percurso de comboio fazem parte da imagética que se controi em torno de um lugar, de uma paisagem e que constitui a identidade de uma região. A estrutura narrativa deste documentário tem por base questões sociais, culturais e históricas, trespassadas em nome de uma visão económica simplista e redutora. Aprendemos que a terra deveria ser algo que pedimos emprestado aos nossos antepassados para deixar aos nossos netos, mas neste caso aqui, já não haverão histórias para contar, nem tão pouco solo arável para cultivar as batatas...
Recomendo "Páre Escute Olhe" e aproveite para pensar no futuro desta paisagem.

Rita Gouveia
(Arquitecta Paisagista)

4/11/09 13:11  

Enviar um comentário

<< voltar