3.21.2006

Perturbações

Perturbação: qualquer acontecimento relativamente discreto que for caracterizado por uma frequência, intensidade e severidade fora de um limite previsível, e que desfizer estruturas populacionais, comunitárias ou dos ecossistemas, e que altere recursos, disponibilidade de substrato ou ambiente físico. Pickett e White (1985) modificada por Resh e outros (1988)

Uma perturbação é todo o fenómeno que resulta no questionamento de um determinado sistema. Desse questionamento pode não resultar qualquer resposta do sistema, falamos então de resistência ou persistência do sistema; pode também resultar na obliteração total do sistema quando a sua organização se vê impotente para assimilar e reencontrar um novo estado; ou, mais frequentemente, pode provocar uma reestruturação ou recuperação e retoma o estado inicial – resiliência – ou evolui para um outro estado de maior ou menor complexidade.

A acção do homem, utilizando a inteligência e o instinto, consegue exercer perturbações que causam profundas alterações na organização dos ecossistemas. Chamemos a estas acções de Perturbações Antrópicas em oposição às perturbações causadas pelas acções telúricas, entrópicas e biológicas. A questão da artificialidade e da naturalidade dessas perturbações não é uma discussão tão linear ou consensual como é por vezes dado a entender. Não queria entrar para já nesta discussão, mas julgo haver à partida uma confusão entre perturbação enquanto fenómeno, que pode ser natural ou artificial (embora estas duas designações são ridiculamente redutoras), e a resposta dos sistemas a essas perturbações, que pode ser considerada, basicamente, como natural. Aqui o termo natural é atribuído à natureza reactiva e intrínseca do sistema perante uma alteração à sua organização. No entanto, o homem consegue secar pântanos, regar desertos, alterar cursos de água, transformar e recriar ecossistemas, construir cidades onde antes havia floresta, manipular os sistemas sociais locais e globais, com intensidade e frequência cada vez mais notáveis.



A construção de uma barragem, como a de Pedrógão, inserida no Empreendimento de Fins Múltiplos do Alqueva gerida pela EDIA (Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva, S.A.), provoca os sistemas afectados pela sua implantação a reagirem. Os sistemas agro-pecuários, turísticos, económicos locais, sociológicos das comunidades humanas que vivem nas proximidades, os sistemas micro-climáticos, hídricos, micro-fitogeográficos, faunísticos, reorganizam-se e simplificam-se nuns casos ou adquirem complexidade noutros. Mas até os sistemas se reorganizarem num novo estado, existem condições para a ocorrência de fenómenos pouco comuns.

O primeiro instante, o imediatamente após a acção de uma qualquer perturbação, os sistemas ficam como que suspensos em estados por vezes paradoxais e múltiplos. Existe um espaço para acontecimentos imprevistos e instáveis, e acentua-se tanto a transitoriedade como a irreversibilidade do tempo.

7 Comentários:

Blogger Rosario Marques disse...

Ah! Eu também "perturbo"! Ou tento faze-lo....

30/3/06 22:16  
Blogger Roteia disse...

Perturbante é, no mínimo, o jardim zen (pastiche/kitsch) que está a ser construído nos terrenos da Quinta dos Loridos (Bombarral), pertencente ao empresário Joe Berardo.
Percorri este enorme jardim deserto, quando estava já quase terminado, no vale que circunda os vinhedos da magnífica casa senhorial barroca dos Loridos, num dia chuvoso, entre estátuas colossais de deuses e leões importados do Japão.
Em todo o caso creio que vale uma peregrinação vossa. O Verdete, perturbado com o sumptuoso paisagismo orientalista, também vai corar de espanto! E mais não digo.

31/3/06 00:17  
Blogger A. R. Ray disse...

Um blog que espero que cá fique até criar verdete...Parabéns.

Cheguei aqui através do " A barriga de um arquitecto". Estou no Figmento (http://figmento.blogspot.com/)

31/3/06 11:16  
Blogger plx disse...

Apenas para dizer que não conhecia este Blog e parece-me bem, a continuar.
Já agora visitem o meu e façam um donativo, eh.eh:

Obrigado.

http://plxbox.blogspot.com

31/3/06 22:31  
Blogger quarentaom disse...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

2/4/06 17:42  
Anonymous green eyed bitch disse...

fucken cool for fucken work!

13/5/06 17:37  
Anonymous grenen eyed bitch disse...

HELLO AGAIN! i was at my house in the states and i saw this blog...so i decided to post this ife i knew portuguese i would use it to some school works.. congratilations

17/5/06 19:09  

Enviar um comentário

<< voltar